Selecione Layout

Padrão de fundo

  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #

Cor

#

22 de março é dia de luta por uma aposentadoria digna

Por: Imprensa20/03/19 10:55

Atividades acontecem em todo o Brasil para evitar que a reforma que piora a vida dos trabalhadores brasileiros seja aprovada. Confira algumas delas nas capitais e vá para a rua defender seu direito a uma aposentadoria decente.

 

PROTESTOS CONTRA A REFORMA NAS CAPITAIS 

ACRE

Rio Branco – ato às 8h, em frente à sede do governo do Estado (Palácio Rio Branco)

ALAGOAS

Maceió - ato às 15h, na Praça Centenário

BAHIA

Salvador - ato às 9h, no Rótula do Abacaxi

CEARÁ

Fortaleza - ato às 8h na Praça da Imprensa (bairro Dionizio Torres)

ESPÍRITO SANTO

Vitória - ato às 8h, com caminhada até o Palácio Anchieta 

GOIÁS

Goiânia - às 6h ato perto da Serra Dourada (KM 153 da BR)

MATO GROSSO

Cuiabá - ato às 16h, na Praça Ipiranga

MATO GROSSO DO SUL

Campo Grande – 9h, paralisação com ato público na Praça do Rádio Clube.

MINAS GERAIS

Belo Horizonte - às 17h tem ato na Praça Sete. Na parte da manhã, sindicalistas e militantes percorrerão com carro de som os bairros Barreiro e Venda Nova explicando as perversidades da reforma e fazendo panfletagens.

PARÁ

Belém - às 7h30, concentração em frente ao Banco do Brasil da Avenida Ponte Vargas e caminhada.

PARANÁ

Curitiba - às 9h concentração na Boca Maldita e, às 11h, ato e panfletagem no INSS.

PERNAMBUCO

Recife - ato às 15h, na Praça  do Derby

PIAUÍ

Teresina - ato às 8h, na Praça Rio Branco, em frente ao INSS.

RIO DE JANEIRO

Rio de Janeiro - ato às 16 na Candelária. Depois caminhada até a Central do Brasil

RIO GRANDE DO NORTE

Natal - às 15h, concentração no INSS. Caminhada pelas ruas da Cidade Alta em direção a Praça dos Três Poderes

RIO GRANDE DO SUL

Porto Alegre - ato às 18h, na Esquina Democrática

SANTA CATARINA

Florianópolis – ato às 17h, no Ticen. 

SÃO PAULO

São Paulo - ato às 17h, em frente ao MASP, na Avenida Paulista

 

Entre em

Contato