Selecione Layout

Padrão de fundo

  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #

Cor

#

Banco do Brasil: mexeu com ele, mexeu com todos os brasileiros

Por: Imprensa09/02/21 11:10

Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas orienta representantes sindicais e entidades a ampliarem as manifestações em defesa do BB nesta quarta, 10, quando haverá paralisação

O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas se solidariza nesta quarta, 10, com os funcionários do Banco do Brasil, que vão fazer nova paralisação por tempo determinado para protestar contra a reestruturação anunciada pelo banco que poderá fechar 361 unidades da empresa (112 agências) e dispensar mais de 5,5 mil bancários. Ao mesmo tempo, convida todos os representantes sindicais e de entidades que defendem as empresas públicas a ampliar o protesto.

“Em quase 213 anos de existência, o BB enfrentou diferentes formas de regimes políticos e sobreviveu. Hoje se destaca na concessão de crédito rural, no setor do agronegócio, inclusive a agricultura familiar, que responde pela maior parte da produção dos alimentos consumidos no País, empregando 74% da mão de obra rural e representando 38% da renda bruta do setor”, lembra a coordenadora do comitê, Rita Serrano, acrescentando que com o desmonte que o governo Bolsonaro quer concretizar o Brasil perde um banco público lucrativo e presente no desenvolvimento do País e, em consequência, perdem também todos os brasileiros.

Entre em

Contato