Selecione Layout

Padrão de fundo

  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #

Cor

#

Conselho do PPI recomenda excluir Casa da Moeda da lista de privatizações

Por: Imprensa01/09/2021 12:02

Afastar possibilidade de venda da empresa pública é vitória para toda a sociedade

Foi publicada hoje (1), no Diário Oficial da União, a resolução do Conselho do Programa Parcerias de Investimentos (PPI) que recomenda a exclusão da Casa da Moeda do Brasil da lista de privatizações de empresas estatais. A justificativa é de “ausência de um instrumento legal que determine as condições essenciais para desestatização da CMB”, já que a empresa continua sendo portadora da exclusividade da fabricação de notas e moedas de real, passaportes e selos.

Para a coordenadora do comitê nacional em defesa das empresas públicas, Rita Serrano, afastar a possibilidade de privatização da Casa da Moeda é uma importante vitória para seus trabalhadores e toda a sociedade brasileira. “As entidades que representam os moedeiros, junto com o comitê, vêm travando uma grande batalha para manter a empresa pública, um patrimônio de todos os brasileiros”, destaca.

A inclusão da Casa da Moeda no PPI havia ocorrido por decreto do presidente Bolsonaro de outubro de 2019. Em 2017 também o presidente Temer anunciou que seria privatizada. Desde então se criou um forte movimento de resistência. A recomendação do conselho precisa ser acatada pelo presidente da República, editando decreto que exclua a empresa da lista de privatizações.

Entre em

Contato