Selecione Layout

Padrão de fundo

  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #

Cor

#

Especialistas discutem C&T e rumos da pesquisa agropecuária no desenvolvimento sustentável do País

Por: Imprensa26/10/20 12:15

Transmissão on-line acontece amanhã, 27 de outubro, a partir das 10h em www.facebook.com.br/SINPAFDiretoriaNacional.

Neste mês, quando se comemorou o Dia Mundial da Alimentação e o aniversário de 75 anos da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em 16 de outubro, diversas instituições de Ciência e Tecnologia (C&T), pesquisa e desenvolvimento agropecuário pautaram a situação da soberania e da segurança alimentar mundial e do Brasil.

Em um cenário de recorrentes cortes orçamentários que ameaçam a sobrevivência da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), pesquisadores e especialistas intensificam os debates sobre a importância da empresa e da C&T na construção de um país menos desigual e mais democrático para a preservação da soberania e segurança alimentar. 

A iniciativa faz parte de uma série de cinco conferências regionais e uma nacional, todas online, que estão sendo realizadas para mobilizar a sociedade em Defesa da Embrapa Pública, Democrática e Inclusiva, organizadas pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), com coordenação da Diretoria de C&T. 

O segundo evento, a Conferência Virtual Centro-Oeste, será realizado amanhã, 27, a partir da 10h, na página do Facebook do Sinpaf – http://www.facebook.com/SINPAFDiretoriaNacional.  Nesta edição, os debates contam com a participação do presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu de Castro Moreira; do professor e pesquisador da Universidade de Brasília (UnB), Ricardo Toledo Neder; e da secretária-Geral da FIAN Brasil - Organização pelo Direito Humano à Alimentação e à Nutrição adequadas, Valéria Burity. 

O debate também será realizado entre os pesquisadores da Embrapa: Alberto Feiden (Embrapa Pantanal) e Altair Toledo Machado (Embrapa Cerrados). As moderações das mesas contam, ainda, com Suênia Cibeli Ramos de Almeida e Mirane dos Santos Costa, que fazem parte do corpo de especialistas da empresa. 

Veja a programação completa em: http://sinpaf.org.br/index.php/programacao

TUITAÇO E MANIFESTAÇÃO VIRTUAL - No intervalo das mesas de debates será promovido um tuitaço com as hashtags #SALVEAEMBRAPA e #EMBRAPAPÚBLICA. Também será realizado um Ato público Virtual pelo aplicativo manif.app, que permite que as pessoas se mobilizem digitalmente, portando o seu cartaz com frases em Defesa da Embrapa Pública Democrática e Inclusiva ou a #SALVEAEMBRAPA.

Entre em

Contato