Selecione Layout

Padrão de fundo

  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #
  • #

Cor

#

Greves e manifestações crescem pelo País

Por: Imprensa17/02/20 12:13

Petroleiros entram no 17º dia de paralisação; piora nos direitos trabalhistas e serviços une categorias e começa a mobilizar sociedade. Comitê acompanha e elabora agenda contra privatizações

 

Várias categorias organizadas realizam neste mês de fevereiro greves, protestos e atividades em defesa de direitos e emprego. Entre elas está a dos petroleiros, cuja paralisação entra no seu 17º dia nesta segunda, 17. Caminhoneiros informaram no final de semana que podem cruzar os braços, e há mobilizações entre eletricitários, trabalhadores da Casa da Moeda e Correios, que também podem parar.

Por outro lado, somando forças e igualmente reivindicando direitos para os trabalhadores e toda a sociedade, aconteceram na última semana manifestações nacionais em defesa da Caixa e Banco do Brasil. Elas se somaram a protestos em frente a unidades do INSS, onde o caos impera desde a reforma da Previdência, que tantos prejuízos trouxe aos brasileiros.

“É visível a efervescência de mobilização nos sindicatos organizados, envolvendo a população e demonstrando o descontentamento com esse governo. O cenário atual, de aumento nos combustíveis, emprego precário (informalidade recorde), piora de serviços (como as imensas filas no INSS) e crescimento da desigualdade social é caótico, então reagir é urgente. O Comitê acompanha, apoia e participa”, afirma a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Rita Serrano.

Tanto é assim que, a partir de março, será definida agenda de atividades com os integrantes do comitê para estabelecimento de ações e estratégias que fortaleçam os movimentos e ajudem a esclarecer a sociedade sobre os riscos da privatização desejada pelo governo Bolsonaro. A divulgação da agenda será feita pelas mídias do comitê.

Posse Sinpaf – O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, participou, na última sexta, 14, da solenidade de posse da Diretoria Nacional do Sinpaf, representando também o comitê. O evento aconteceu na sede do sindicato da entidade em Brasília, e contou com a presença de cerca de 100 pessoas, entre filiados, seções sindicais, centrais sindicais, movimentos sociais e instituições ligadas às empresas da base.

Além do presidente do Sinpaf, Marcus Vinícius Sidoruk Vidal, e a vice-presidente, Alexandra Wickboldt Hellwig Freitas, fizeram parte da mesa o representante da CUT nacional, Valeir Ertle; a representante do MST, Bárbara Loureiro e o representante da Fenae/Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas. Para saber mais sobre a nova diretora acesse https://www.sinpaf.org.br/index.php/comunicacao/noticias/1204-chapa-1-raizes-e-empossada-na-diretoria-nacional-do-sinpaf-nesta-sexta-feira-31-1

 

 

 

 

Entre em

Contato